Notícias da Sangha

O Mestre

Mevlana Garden, abril 13, 2014

140410_BR-RAAHI_2764

Como agradecer o Mestre?
Como agradecer aquele que o levou até as portas do paraíso e o convidou a entrar? Aquele que o puxou do oceano de confusão até o seu barco de paz.
Como expressar a gratidão que preenche o seu coração?

140409_BR-RAAHI_2522

A única coisa que você pode fazer é tornar-se um bambu oco, para que Ele possa colocá-lo em seus lábios e tocar doce música através de você. Derreter-se no coração extasiante que transborda de alegria.
Você pode viver cada momento com presença, respirar cada respiração com reverência. Receber esse precioso presente que lhe foi dado e cuidar dele quando você deixar este oásis de paz e aventurar-se de volta ao mundo.
O desafio é relembrar-se. Relembrar-se do espaço que você tocou. Relembrar-se de que há apenas este momento. O que quer que aconteça no lado de fora, esta profunda paz interior está sempre disponível.

140320-BR-RAAHI-0248140402_BR_Ram_016

140330-BR-RAAHI-2041140323-BR-RAAHI-1041

Nós tocamos algo que mudou as nossas vidas para sempre – experimentamos nossa própria natureza verdadeira. É preciso coragem para assumir nossos insights.  É preciso força de espírito para permanecer em nossos corações e não se envolver nos dramas e distrações que enchem o mundo. Com o nosso Mestre em nossos corações, o impossível se torna possível.

140413_BR_Ram_148

O único agradecimento que realmente podemos dar ao Mestre é permanecer acordado. Através da graça dele, abrimos nossos olhos. Agora, trazemos o nosso foco em permanecer presentes, alertas, conscientes. Não há uma forma fácil, mas o fácil é certo. Obrigado, amado Mestre.

Buda diz: Nós somos o que pensamos. Portanto esteja ciente da sua mente, porque a mente pode criar um mundo inteiro, então é preciso ficar alerta. Apenas uma ideia que vem à sua mente e você pode pular nela, e isso segue e segue, criando um universo inteiro, toda uma história, a partir de algo que talvez nem mesmo seja real; apenas uma criação sua, e você a transforma em um grande filme. Não desperdice a sua energia em pensamentos – você sempre se sentirá perdido. Você tem que ir mais fundo do que a mente. A mente está sempre inquieta, então ela sempre o levará para um passeio, e na maior parte do tempo não é um bom passeio.

Ouça o coração. O coração tem a sua própria sabedoria. O coração sabe – a mente pensa.

Que todos tenham a coragem de seguirem seus corações.

Vasant Swaha

140412_Brazil_Savini_129

140413_BR_Ram_003