Notícias da Sangha

O que é Liberdade?

Mevlana Garden, Abril 13, 2018

Juntos, aos pés de nosso Amado mais uma vez, fazendo parte desta linda canção que é estar na presença de um Mestre vivo. Aquele  que toca as cordas de nosso coração e alma, fazendo ressonar dentro de nós todo o mistério e a beleza da vida.

Ele nos pergunta: o que é liberdade?

E nos aponta que o livre fluir pode ser alcançado quando nos conectamos com nosso mundo interior de uma forma relaxada e consciente. Então, não há problema, não há obstáculo, não existe dúvida, como aquela música que simplesmente nos toca onde a razão não alcança, chegando diretamente ao coração.

Um novo mundo nos é apresentado por nosso Mestre e desta vez, somos introduzidos à beleza do  universo do poeta místico Hakim Sanai, que foi uma grande fonte de  inspiração para os escritores e poetas sufis.

Rumi disse: Attar foi a alma, Sanai os dois olhos. Caminhamos na esteira de Sanai e Attar.

E aqui no jardim do Amado, vamos escutando hipnotizados sobre um outro jardim, cercado por muros, de onde brotava uma melodia irresistível para os corações inocentes que se acercavam.

Tanto lá, como aqui, estamos face a face com a Verdade e somos lembrados  que esta é sempre nova,  sempre fresca, sempre agora.

Nosso Amado nos diz que muitas vidas acontecem para que possamos estar em Satsang e nos sentimos abençoados por estar recebendo este presente, cercados por um turbilhão de alegria e amor.

Silenciosamente e suavemente somos convidados a ir polindo nosso espelho, limpando as camadas de pó que ali se assentaram com a passagem do tempo, tornando-nos a cada momento mais abertos e mais receptivos, para que então, o Divino possa nos possuir.

Temos a oportunidade de estar neste corpo, que não teria razão de existir, não fosse para compartilhar o que é natural e lindo na Existência. Nosso Templo de Crescimento, que devemos aprender a escutar e cuidar carinhosamente.

Como a argila, ele um dia desaparecerá, voltando ao pó. Mas pela bondade de nosso Mestre, temos a chance, nesta vida, de ir além e alcançar o que nunca fenece.  Temos a chance de celebrar a eterna Primavera Extasiante, materializada na presença de nosso Amado.