Notícias da Sangha

Encontrando o Silêncio mais Profundo

Notícias da Sangha, novembro 20, 2019

140130-NO-RAAHI-9116

Ter tido um amigo como um espelho na busca por que somos, agora nós nos voltamos para dentro – nós nos entregamos, aceitamos. Então o silêncio pode tomar conta e nos levar mais profundamente. Mais perto da verdade de quem somos.

Agora nós simplesmente sentamos com o que quer que esteja ali, a todo momento.

140130_Norway_Savini_002

O convite é deixar os pensamentos, sentimentos e sensações passarem.
Deixar todo o foco ir para dentro, enquanto observamos a nossa respiração.

140130_Norway_Savini_004140130_Norway_Savini_006

Estamos apoiados pela natureza.
Ela está aqui, nos ajudando a ficar no Agora.

140130_Norway_Savini_024140130_Norway_034-2

140130_Norway_080

140130_Norway_069140130_Norway_070

Mais e mais neve está nos cobrindo, à medida em que vamos mais fundo no silêncio. Agora, não só os nossos amigos desaparecem na neve fofinha, mas também a Dharma Mountain! Nós trabalhamos liberando nossos próprios fardos pesados, e agora precisamos fazer o mesmo com a nosso lindo lar aqui… Com o Amado em nossos corações, o “trabalho pesado” também pode acontecer de uma forma leve e brincalhona.

140131_Norway_Savini_022

140130-NO-RAAHI-9065140130-NO-RAAHI-9069140130_Norway_084

Mais uma vez nosso Amado está aqui, conosco e por nós. De uma forma brincalhona, ele nos guia com a sua sabedoria, sempre nos sintonizando a uma visão mais ampla.

Simplesmente volte àquilo que é natural. Não há nenhum ritual, nenhum ensinamento, simplesmente seja a sua própria sabedoria interior. Tudo está escrito ali – como ser um ser humano bonito, sem ser guiado pela mente, mas pelo coração, pela sua própria consciência.

Isso é Guru prasad, este é o presente dos gurus. Insight, consciência, amor.
Não ser um escravo dos seus instintos mais baixos inconscientes, mas desfrutar do seu ser.

Vasant Swaha

140130-NO-RAAHI-9085140130-NO-RAAHI-9081

140130_Norway_125-2

Eu ensino a vocês um silêncio que é cheio de alegria. Não um silêncio tedioso, mas um silêncio que está batendo no coração da Existência.

Vasant Swaha