Notícias da Sangha

A Maior Força

Mevlana Garden, abril 28, 2015

150422_BR-RAAHI_151
Quem imaginaria que rir e chorar poderiam ser instrumentos tão poderosos para olharmos para nós mesmos? Assim são as coisas que acontecem ao redor de um mestre vivo. Nos tornando mais naturais, explorando as coisas básicas da vida como riso e choro, nos possibilita os maiores insights. O poder de relaxarmos em nosso estado natural é claramente demonstrado.
150417_BR_Azad_0131150421_Brazil_Savini_032
150417_BR_Azad_0199150417_BR_Azad_0176
Ter a coragem de nos entregarmos para nossos sentimentos mais profundos nos liberta. Nos liberta da mente. Nos liberta da tirania de nos preocuparmos demais com o que os outros pensam sobre nós. Nos liberta para vivermos de forma total.
E a coragem é necessária, como o nosso amado nos lembra:
Isso que é a bravura: Assumir a si mesmo, e permitir-se desabar.
Apenas relaxe, solte-se.
Não é preciso nenhuma força, mas é a maior força que há.
Confiar. Entregar-se à vida. A Deus. Ao Amor.
150426_BR_Ram_011150426_BR_Ram_059150426_BR_Ram_151150426_BR_Ram_206
150419_0016150419_0025
E à medida que nos entregamos mais e mais – sentimos esse amor, mais e mais. O campo de buda está preenchido por isso. Tudo o que sentimos é uma gratidão transbordante. Lágrimas de êxtase e alegria fluem e o choro se torna uma celebração. Uma celebração da vida, da liberdade – das nossas vidas abençoadas aos pés do Acordado.
150426_BR_Ram_274
150426_Ram_373-Edit