Notícias da Sangha

Eterna Primavera

Mevlana Garden, novembro 24, 2018

Aqui estamos. Fomos atraídos uma vez mais para o oásis onde a Primavera é eterna.

Atrás do Templo do Lótus Branco o sol desce, derretendo em tons laranjas e rosados, mas dentro Ele está sempre brilhando, e estando em Sua presença por alguns preciosos dias já podemos nos sentir mais frescos outra vez. 

Nosso Amado nos recebe com boas novas e nos oferece inúmeras chaves para que possamos nos abrir, nos esvaziar, soltar tudo o que não é essencial. Simplesmente entrar em sintonia e assim, saciar nossa sede nesta fonte sem fim que é Seu Amor.  

Aqui em Seu Paraíso tudo está disponível e somos invadidos por aquela sensação apaixonante de estar no lugar certo, no momento certo, com as pessoas certas. E ainda além, temos nosso doce Baba nos mostrando como estar em harmonia e inteiros. Ele nos ensina a relaxar e esvaziar a mente quando vamos dormir, para que depois de uma noite pacífica possamos acordar renovados. Também nos fala  que uma boa risada ao acordar nutre o coração, deixando-o feliz e receptivo para as coisas boas da vida. 

Com uma paciência e amorosidade infinitas Ele nos guia, explicando que tudo fica fácil quando nos entregamos à Verdade, à Paz, ao Amor. Quando ali encontramos abrigo, sentimos aquele frescor no centro do peito, nosso verdejante e sagrado oásis interior, como tão lindamente nos lembra o adorado Rumi.

Podemos então finalmente ver que estamos diante de uma das faces de Deus, uma expressão luminosa que exala o doce néctar da Verdade. Um Sol que chegou para ficar e desenha inocentes sorrisos em nossas faces. Nos faz cantar, correr, brincar, dançar, nos faz ver que é possível nos sentirmos livres para nos embriagarmos com a seiva da Vida.

Esse é nosso Babaji.

Algo incomparável, inexplicável, intraduzível, imensurável, que desperta nossos corações em alegria e os faz florescer silenciosamente como um lótus no paraíso.

E que venha o Sol… porque a vida é muito bela e nosso Amado é pura celebração!