Notícias da Sangha

Você pode sentir?

Dharma Mountain, julho 31, 2019

 

Quanto tempo desde que eu parei para sentir

o vento no meu rosto,

os pés descalços no campo,

as flores acariciando as minhas pernas?

 

 

Será que esqueci o cheiro da chuva fresca nos pinheiros,

o gosto da água doce do rio

a sensação do sol secando minha pele molhada?

 

 

Eu parei e olhei e vi

o pequeno besouro azul passando em frente aos meus pés.

 

 

Poderia esquecer meu próprio coração, batendo contra a árvore, batendo junto a todas as árvores, os pássaros e flores?

 

 

Eu abro todas as minhas janelas, deixando a natureza entrar em cada cômodo.

 

 

E então posso ouvir os passos do Mestre

no caminho de pedra. Ele está chegando.

 

 

Veja. Sinta. Ouça. Cheire. Coma. Beba.

Ele está aqui.

 

 

Quando o homem é natural, em paz, não existe ‘tornar-se’. Você está relaxado no momento.
Como tudo ao redor.